Caso cornelsen, sobre Ovnis chama atenção da série do canal History Channel

Seres estranhos

O grupo responsável por trazer o canal History Channel a Itapoá é o Grupo de Pesquisa Ufológica de Santa Catarina – GPUSC.

O Grupo de Pesquisa Científica e Ufológica de Itapoá – GPCUI, que desde 2013 foi incorporado ao GPUSC, investigou na época, “fenômenos estranhos” que acontecem na estrada Cornelsen “Uma estranha forma de neblina, luzes que perseguem veículos nos quais também ocorrem panes elétricas, seres estranhos e UFOs permeiam os relatos de quem passa por ali”, relatou na época o grupo de Itapoá, acrescentando que “os fenômenos têm ocorrido na região há pelo menos 15 anos e concentram-se em um trecho de aproximadamente 5 quilômetros, após a divisa do Paraná com Santa Catarina, próximo a ponte sobre o rio Sai-Mirim.

Os ufólogos também entrevistaram testemunhas, que afirmaram terem presenciado “falhas em sinal de celulares e na sintonia de rádios no mesmo trecho de estrada”.

– “Em 23 de junho de 2013, por volta das 20h00, elas retornavam de Guaratuba. O deslocamento entre os municípios de Guaratuba a Itapoá leva-se em torno de 30 a 40 minutos em velocidade mediana, por volta de 80 km por hora. Ao passar pela ponte do rio Sai-Mirim o carro apagou incluindo as luzes do veículo. As duas ocupantes puderam notar a Lua cheia que era a única luz a iluminar a estrada completamente escura”.

As informações e fotos, referente às pesquisas pertencem unicamente ao GPUSC, e o responsável pelas pesquisas na região é o ufólogo Luiz Prestes Junior.

Comentários do Facebook
SHARE