Itapoá cresce 25% nas importações e 10% nas exportações em 2017

O ano de 2017 foi positivo para o Porto Itapoá, com um acréscimo de 10% em sua movimentação total em comparação a 2016, incluindo exportações, importações, cabotagem, transbordos e movimentação de contêineres vazios. Ao longo dos 12 meses do ano passado foram movimentados no terminal 612 mil TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés), contra 558 mil TEUs de 2016. (Ver gráfico e tabela em anexo).

A previsão para 2018 é que o Porto movimente 750 mil TEUs, um avanço de 22% em relação ao ano passado. O destaque de 2017 ficou para o aumento das movimentações de longo curso – exportações e importações -, com um avanço de 16,21% no total, o que significa 47 mil TEUs a mais do que em 2016, chegando aos 337 mil TEUs.

Isoladamente, as importações saltaram de 116 mil TEUs para 145 mil TEUs, um incremento de 25%. As exportações, por sua vez, registraram aumento de 10,34%, de 174 mil TEUs em 2016 para 192 mil TEUs em 2017.

Em novembro de 2017 já havia uma sinalização positiva das operações em Itapoá, quando se observou um salto na participação do mercado de movimentação de contêineres no Estado de Santa Catarina de 30,8% (outubro/2017) para 35,3% (novembro/2017).

Esta participação veio em ritmo progressivo e gradual mês a mês, consolidada de forma expressiva no final do ano, quando se confirmou que a cada três contêineres movimentados em Santa Catarina um passa pelo Porto Itapoá. Quando se contempla ainda o Estado do Paraná, a participação que era de 20,7% (outubro/2017) passa a ser de 23,3% (novembro/2017), quase um quarto da movimentação dos dois Estados.

Diretor Comercial de Itapoá, Roberto Pandolfo avalia que o aumento do volume que o Porto vem apresentando é resultado do atendimento e dos serviços diferenciados prestados ao cliente, com foco na excelência operacional somada ao relacionamento mais próximo e personalizado.

“O cliente percebe quando o Porto que ele escolheu agrega valor para seus produtos. É uma série de compromissos envolvidos, desde o entendimento do processo industrial do cliente até a configuração do Terminal para solucionar sua demanda, com a maior agilidade e segurança possíveis.”

A confiança do mercado foi expressada na última pesquisa de Satisfação do Cliente, realizada pelo IBRC (Instituto Brasileiro de Relacionamento com o Cliente), que apontou um índice de 92% de satisfação e um índice de recomendação da marca/serviço de 76 NPS, comparável a grandes marcas internacionais.

“Esse resultado é o reflexo do trabalho desenvolvido pelos colaboradores do Porto Itapoá ao longo desses seis anos de operação, em contato direto com nossos clientes, aos quais agradecemos a parceria de sempre”, complementa Pandolfo.

Comentários do Facebook
SHARE