21 C
Garuva,BR
sábado, dezembro 15, 2018
Home Geral Livro dos recordes registra feito de Brusquense, 75 anos na mesma empresa

Livro dos recordes registra feito de Brusquense, 75 anos na mesma empresa

Walter Orthmann, o brusquense de 93 anos que detém o título de funcionário com mais tempo de atividade na mesma empresa no Brasil, participou no último sábado, 12, do lançamento do livro do Rank Brasil – a grosso modo, a versão nacional do Guinness Book. Ele foi um dos principais convidados da cerimônia que reuniu recordistas de várias categorias oriundos de vários cantos do país.

Orthmann entrou para o Rank Brasil em 2013, quando completou 75 anos de trabalho na Renaux View. A história do fiel trabalhador da indústria brusquense impressiona por si só, ainda mais considerando que ele passou por várias mudanças bruscas, como o período de ditadura militar. Embora ele já esteja catalogado como o trabalhador mais antigo na mesma empresa há dois anos, a cerimônia de lançamento foi a materialização da sua marca.

“Eles achavam que eu era o mais importante pelo recorde que alcancei”, diz Orthmann. Junto à esposa, ele compareceu à cerimônia, que foi realizado em Curitiba (PR) e diz que se sentou na primeira fila, devido ao destaque de sua marca. Conta também que foi muito assediado pelas pessoas, que ficaram impressionadas com a vitalidade que o idoso com quase um século de vida ainda possui. “Ficaram impressionados com a lucidez que eu tenho”, diz, e completa que “foi um marco muito forte”.

Reconhecimento

O diretor-fundador da Rank Brasil, Luciano Cadari, diz que o recorde de Walter Orthmann é um dos mais impressionantes que constam no livro. “Ele já está há alguns anos no Rank Brasil e nunca houve contestação [do recorde], então ele deve se manter como o funcionário com o maior tempo em uma mesma empresa”, afirma.

O Rank Brasil cataloga recordes em todo o Brasil há mais de 15 anos. Apesar de estar todo este tempo em atividade, este foi o primeiro livro lançado pela empresa. Cadari afirma que a empresa já aferiu cerca de 9 mil recordes de vários tipos pelo país, sendo que os mil mais impactantes foram selecionados para estar no livro, dentre os quais está Walter Orthmann.

Dúvida frequente, estar no Rank Brasil não implica, necessariamente, estar no Guinness World Records – nome atual do famoso Guinness Book. Isto porque o livro brasileiro não leva em conta marcas alcançadas em outros países. Em alguns casos nem sequer é possível fazer a equivalência entre as duas publicações, por serem de natureza distinta.

Apesar disto, Cadari diz que os métodos de verificação da empresa são rigorosos e seguem padrões específicos para a modalidade de recorde, tanto é que informalmente há, sim, contato com o Guiness, em certos casos. Segundo ele, o processo de validação da marca de Walter Orthmann é um exemplo deste rigor. O título de funcionário com mais tempo de casa em uma mesma empresa só foi concedido após a Renaux View passar as informações sobre o empregado para a Rank Brasil.

“Tem que ter calma”
Orthmann é acostumado aos holofotes, já foi personagem de várias publicações. Contabiliza mais de 30 na memória, que ele mantém tinindo com jogos e conversa com a família. Com a experiência de ter passado por muitas crises na vida, ele se mostra otimista em relação ao futuro do Brasil.

“Está difícil, mas vai melhorar, claro que com a crise tem que se contentar com menos”, afirma. O recordista diz que “ter calma” é a coisa mais importante para a vida e que a chave para ficar tanto tempo na mesma empresa é fazer o que gosta. Com isso, o trabalho não pesa. Ele entrou na Renaux View em 1938 na área de expedição e foi subindo de cargo. Hoje, é gerente de vendas e viaja o Brasil para visitar clientes.

Comentários do Facebook
SHARE