Pai do menino Jonatas usa filho para fazer sorteio nesta madrugada

Durante a madrugada desta quinta-feira (18), o pai do menino Jonatas, Renato Henrique Openkoski utilizou o filho para realizar sorteios em uma página de um amigo no Facebook. Durante a transmissão ao vivo, próximo da 1h da madrugada, ele vai até o quarto do filho, que dormia, para que o próprio Jonatas sorteasse os nomes dos ganhadores.

Chama a atenção nos comentários deixados durante a transmissão ao vivo. Em sua grande maioria são pastores e membros de Igrejas. Durante a transmissão, Renato e seu amigo Rarisson, dizem ser profetas e pregadores da palavra de Deus.

O sorteio de camisetas e brindes são da marca DavidJon, fundada no ano passado pelo pai do menino, durante o período em que foram feitas arrecadações para o tratamento. Em recente entrevista, Renato disse ao Jornal de Joinville que as despesas na cidade de Fernando de Noronha foram custeadas com renda da empresa do casal. O que chama a atenção é que embora o pai seja de fato o proprietário da empresa, ele usa a imagem do menino para vender os produtos, conforme algumas publicações encontradas pela equipe do Garuvanet.

Na página DavidJon no Facebook, a apresentadora Ana Hickmann fala sobre a campanha. Em outro post, dizem “O que está esperando para adquirir a Marca dos Príncipes? Peça já sua camiseta DavidJon”, com uma foto do menino utilizando aparelhos e uma camiseta da marca.

Nesta semana, o dinheiro que está em contas no nome da criança e dos pais de Jonatas, recebeu intervenção judicial. O bloqueio foi pedido pelo Ministério Público Estadual depois de uma série de críticas ao casal nas redes sociais e na mídia, acerca da transparência de como está sendo utilizado os recursos arrecadados. Além das contas, a ação do MP também bloqueou um carro no valor de R$ 140 mil, pertencente à família, e pediu para a Polícia Civil abrir um inquérito criminal para apurar se os pais do menino fizeram apropriações indébitas.

Comentários do Facebook
SHARE