Quatro caixeiros de Joinville são presos no Rio de Janeiro

Uma operação da Polícia Civil que teve início no Distrito Federal, realizou com a prisão de integrantes de uma quadrilha especializada em arrombar caixas eletrônicos no Rio de Janeiro. Os criminosos utilizavam uma furadeira eletromagnética, lixadeiras e alavancas para violar os cofres das Agências. Um rádio utilizado para “espionar” a polícia foi apreendido.  O grupo já estava sendo monitorado por aproximadamente cinco meses e segundo os policiais, o núcleo da quadrilha seria em Joinville.

Segundo a polícia, os suspeitos são responsáveis por arrombamentos de caixas eletrônicos no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Manaus e Florianópolis. Entre os integrantes dois envolvidos são policiais militares do Rio de Janeiro.

O grupo foi preso pela Operação Térebro deflagrada na madrugada do dia 27 de janeiro. A investigação teve início após um arrombamento que aconteceu em um banco na cidade de Águas Claras/DF em julho de 2017. Imagens recolhidas pela polícia civil do sistema de segurança da agência, mostram que o grupo monitorou o alvo, dentro do shopping, incluindo o momento em que as máquinas eram reabastecidas.

Os criminosos também estavam monitorando uma agência bancária em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. O grupo chegou a arrombar o banco, mas foi preso em flagrante antes de acessar o dinheiro. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados. A prisão do grupo foi de responsabilidade da Coordenação Especial de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado do DF.

Quatro presos são de Joinville, um conseguiu fugir, além das prisões, cinco carros e nove celulares foram apreendidos.

Fonte: Aconteceu em Joinville

Comentários do Facebook
SHARE